Um teste mais exato para os pacientes que removeram cirurgicamente a próstata

Há 25 anos, quando o PSA foi usado pela primeira vez, a acuidade do diagnóstico do câncer da próstata deu um grande salto para melhor. Juntamente com o toque retal, reduziu muito os erros, tanto os falsos positivos (o teste conclui que há câncer quando não há) quanto os falsos negativos (o teste conclui que não há câncer, quando há). Com o correr do tempo, foram descobertas novas aplicações e novas falhas. Em anos recentes, o preço pago por pacientes erroneamente diagnosticados passou a ser conhecido – tanto os falsos positivos e falsos negativos, quanto os de câncer indolente no qual não seria preciso, nem se deveria, mexer. Entraram no tabuleiro as peças da qualidade de vida, que é muito afetada por um diagnóstico positivo, e dos efeitos  colaterais dos tratamentos. 
Tornava-se, portanto, mais importante do que anteriormente, o diagnóstico preciso.  
A Metamark Genetics, Inc., uma empresa dedicada à oncologia molecular e à exatidão dos diagnósticos, parece estar dando importante passo nessa direção. Pesquisaram 500 pacientes, usando um teste de 4 proteínas. Ding e associados mostraram erros muito menores do que os atuais sobre quais os pacientes que experimentam fracasso bioquímico (a volta do PSA) e quais os que morrem após a cirurgia. 
Diagnósticos e prognósticos precisos são fundamentais para os pacientes. Não é apenas a vida dos pacientes que depende deles, mas a qualidade da vida também. 
Esse teste se baseia na análise do tecido das próstatas removidas pela cirurgia. Não é tão prático quando o PSA, que é um simples exame de sangue, baseando-se no exame exaustivo das próstatas removidas dos pacientes. Por isso, só se aplica com essa precisão aos pacientes que passaram pela prostatectomia radical.
O artigo original foi publicado em Nature.

GLÁUCIO ARY DILLON SOARES      IESP/UERJ
Anúncios

O teste PCA3 – a pedidos

Para saber mais sobre o PCA3 teste, leia (em Inglês) 

http://www.prostate-cancer.org/pcricms/node/122

 

Muitos hospitais e laboratórios oferecem o teste.

Um laboratório perto de onde eu trabalhava (longe de ser o único ou de ser considerado o melhor, mas perto dos parques de recreação, tipo Disney):

BioVantra, LLC

4600 S.W. 46th Court, Suite 160

Ocala, Florida 34474

Toll Free: (352) 861-2296

Toll Free: (866) 301-0960

Fax: (352) 671-2737

Eu me trato no Memorial Sloan Kettering Cancer Center em Nova Iorque

 

um abraço e boa sorte

 

Gláucio Soares

 


Teste sobre a acuidade das biópsias

Recebi de José Maria Pinheiro de Souza

Só encontra-se câncer na próstata se o volume do nódulo for maior ou igual ao do volume retirado pela agulha da biópsia ou se se tiver sorte e esse cãncer estiver localizado exatamente no local onde essa agulha parar.Pense no volume da próstata em relação  ao volume retirado pela agulha da biópsia.Se estiver iniciando-se o câncer só muita sorte dar um resultado logo naprimeira coleta.O melhor procedimento a meu ver, da ótica de um engenheiro, é retirar logo a próstata, mas quem é que quer?


Teste sobre a acuidade das biópsias

Recebi de José Maria Pinheiro de Souza

Só encontra-se câncer na próstata se o volume do nódulo for maior ou igual ao do volume retirado pela agulha da biópsia ou se se tiver sorte e esse cãncer estiver localizado exatamente no local onde essa agulha parar.Pense no volume da próstata em relação  ao volume retirado pela agulha da biópsia.Se estiver iniciando-se o câncer só muita sorte dar um resultado logo naprimeira coleta.O melhor procedimento a meu ver, da ótica de um engenheiro, é retirar logo a próstata, mas quem é que quer?


Teste sobre a acuidade das biópsias

Recebi de José Maria Pinheiro de Souza

Só encontra-se câncer na próstata se o volume do nódulo for maior ou igual ao do volume retirado pela agulha da biópsia ou se se tiver sorte e esse cãncer estiver localizado exatamente no local onde essa agulha parar.Pense no volume da próstata em relação  ao volume retirado pela agulha da biópsia.Se estiver iniciando-se o câncer só muita sorte dar um resultado logo naprimeira coleta.O melhor procedimento a meu ver, da ótica de um engenheiro, é retirar logo a próstata, mas quem é que quer?


Otimismo na Prostate Cancer Foundation

No último ano a PCF subvencionou pesquisas em várias áreas e considera que estamos progredindo. Veja o que sublinharam na carta que me enviaram:
Novos medicamentos: a FDA (equivalente à nossa ANVISA) aprovou 13 novos medicamentos e há outros 36 sendo examinados;
Compreensão de uma transformação chave, ruim para nós: desenvolvemos resistência ao tratamento (anti)hormonal porque as células cancerosas podem criar DHT semtestosterona. DHT é dez vezes mais poderosa do que a testosterona na alimentação dos cânceres avançados. Essa descoberta proporciona uma avenida para pesquisas e desenvolvimentos que permitiriam frear o câncer;
Testes fáceis, baratos e mais exatos. Ainda há muitos falsos positivos e falsos negativos no teste de PSA. A PCF está financiando pesquisas usando a urina dos pacientes que acertam em 95% dos casos e novo teste de sangue que avalia corretamente a agressividade do câncer.
O percurso é longo, desde o aparecimento da idéia até o uso efetivo como teste ou tratamento. Pode chegar a vinte anos.
Talvez não nos beneficie, mas já ultrapassamos, espero, a etapa em que só pensávamos na nossa doença.
GLÁUCIO SOARES              IESP-UERJ

Otimismo na Prostate Cancer Foundation

No último ano a PCF subvencionou pesquisas em várias áreas e considera que estamos progredindo. Veja o que sublinharam na carta que me enviaram:
Novos medicamentos: a FDA (equivalente à nossa ANVISA) aprovou 13 novos medicamentos e há outros 36 sendo examinados;
Compreensão de uma transformação chave, ruim para nós: desenvolvemos resistência ao tratamento (anti)hormonal porque as células cancerosas podem criar DHT semtestosterona. DHT é dez vezes mais poderosa do que a testosterona na alimentação dos cânceres avançados. Essa descoberta proporciona uma avenida para pesquisas e desenvolvimentos que permitiriam frear o câncer;
Testes fáceis, baratos e mais exatos. Ainda há muitos falsos positivos e falsos negativos no teste de PSA. A PCF está financiando pesquisas usando a urina dos pacientes que acertam em 95% dos casos e novo teste de sangue que avalia corretamente a agressividade do câncer.
O percurso é longo, desde o aparecimento da idéia até o uso efetivo como teste ou tratamento. Pode chegar a vinte anos.
Talvez não nos beneficie, mas já ultrapassamos, espero, a etapa em que só pensávamos na nossa doença.
GLÁUCIO SOARES              IESP-UERJ