DOSES MÍNIMAS DE ASPIRINA: AJUDAM OU NÃO?

Uma pesquisa com mais de treze mil pacientes cardíacos mostrou que pacientes tomando aspirina regularmente. É importante lembrar e realçar que tomar aspirina de maneira errada pode matar. O uso indevido de aspirina pode provocar hemorragias sérias. Assim sendo, é obrigatório consultar seu médico e só tomar aspirina com o consentimento explicito dele. Essa advertência vale para doses mínimas também.

Os homens que tomavam aspirina tinham um risco de desenvolver um câncer da próstata que era 36% menor do que o risco dos que não tomavam. O risco entre os que tomavam regularmente há cinco anos ou mais era menor ainda: 57% mais baixo do que entre os que não tomavam. Sublinho que todos os homens que entraram nessa pesquisa padeciam de problemas cardiovasculares.

Outras pesquisas sugerem que o uso supervisionado da aspirina também reduz o risco de canceres do cólon e do reto.

A pesquisa foi realizada por um grupo de médicos e pesquisadores italianos e publicada no International Journal Of Cancer. A publicação NÃO tratou do efeito da aspirina sobre pessoas que já tinham desenvolvido um câncer da próstata.

 

GLÁUCIO SOARES IESP-UERJ

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s