É proibido pesquisar as consequências das armas de fogo!

O lobby da bala americano impediu que continuassem as pesquisas científicas sobre as consequências das armas de fogo que eram financiadas pelo CDC. Hoje, o autor da emenda que leva o seu nome mostra profundo arrependimento em função das carnificinas que, indiretamente, ele facilitou.

Em 1996, o deputado americano Jay Dickey (Republicano do Estado de Arkansas), apoiado pela NRA (National Rifle Association), apresentou um projeto de lei que foi aprovado e recebeu o nome do deputado, sendo chamado de “Dickey Amendment”, a Emenda Dickey. É uma lei proibitiva que impede o governo federal de financiar pesquisas sobre as consequências das armas de fogo. O CDC, Center for Disease Control, financiava algumas pesquisas através do National Center for Injury Prevention. Inicialmente, a ultra direita tentou fechar esse centro de pesquisas que é universalmente conhecido; não conseguindo o objetivo maior, concentrou seu poder político para proibir pesquisas cientificas sobre as consequências das leis sobre armas de fogo, seu uso e muito mais. Não conseguiram. Dickey calculou quanto o CDC gastava com essas pesquisas, chegando à modestíssima cifra de 2,6 milhões de dólares. Para dar uma ideia de quão modesto é esse total, o nosso conhecido José Hawilla foi acusado de extorsão, fraude e lavagem de dinheiro, concordando em devolver 151 milhões de dólares. É o equivalente ao que o CDC gastaria em pesquisas sobre armas durante 58 anos.

A lei foi aprovada há vinte anos, período durante o qual centenas de milhares de americanos morreram graças às armas de fogo. Agora, o ex-deputado Dickey admite culpa e responsabilidade porque o país não progrediu nessa área e declara que gostaria que o Congresso modificasse sua própria lei.

Veja a entrevista:

The Congressman Who Restricted Gun Violence Research Has Regrets

Rep. Jay Dickey (R-Ark.) authored the controversial 1996 amendment that remains in place. He wishes Congress would change it.

huffingtonpost.com


Curtir

GLÁUCIO SOARES IESP-UERJ


[i] Morton E, Runyan CW, Moracco KE e Butts J., Partner homicide-suicide involving female homicide victims: a population-based study in North Carolina, 1988-1992, em Violence Vict. 1998 Summer;13(2):91-106.

[ii] Kathryn E. Moracco, Carol W. Runyan e John D. Butts, Femicide in North Carolina, 1991-1993, A Statewide Study of Patterns and Precursors, em Homicide Studies.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s