PAGAR PARA LER???

Estou tentando escrever artigos sobre o efeito da presença, da participação e do carinho paterno sobre os caminhos e descaminhos dos filhos e filhas, para, posteriormente, juntá-los num livro. As pesquisas bibliográficas me levaram a uma série de artigos interessantes publicados na revista Cross-Cultural Research, que é administrada pela Sage. Teria que pagar trinta dólares para ler CADA UM deles. Não consta dos Periódicos CAPES. Temos que acabar com os abutres do conhecimento e a forma de fazer isso é só publicar em revistas de livre acesso. A SPARC é uma organização de luta pelo livre acesso ao conhecimento, aos dados, aos jornais. Para receber notícias, basta se inscrever. Nada a pagar, tudo é voluntário. Confira em

http://www.sparc.arl.org/

São quase dez mil revistas, das quais 5.616 podem ser objeto de busca por artigo, 1.603.782 artigos, de 133 países. 

Há algumas vitórias: em 22 de fevereiro do ano passado, a Casa Branca determinou que todos os resultados de pesquisa que receberem fundos públicos são de livre acesso.

Aqui, ainda temos pesquisadores que, durante anos e anos, sentam em cima de dados obtidos com financiamento público, egoísmo que coexiste com a ausência de dados e informações para que alunos escrevam suas monografias, dissertações e teses.  Pior: há instituições públicas que não liberam seus dados – que são públicos.  Lutemos pelo livre acesso ao conhecimento, às revistas, aos dados!

GLÁUCIO SOARES                                 IESP-UERJ

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s