TESTE DE GLUCOSE: USAR A PRIMEIRA OU A SEGUNDA GOTA DE SANGUE?

Hoje em dia, muitos pacientes testam o nível da glucose no sangue. É conveniente testar regularmente e alguns médicos recomendam que o teste seja frequente. Testar a glucose com frequência num laboratório é caro e exige tempo, muito tempo para transporte e de espera no consultório ou laboratório. Nos Estados Unidos, a pressão para testar em casa é multiplicada pela cultura americana que enfatiza a autonomia. Nada de ficar dependendo de médicos, enfermeiros, hospitais etc. Aqui deveríamos adicionar a lentidão do SUS e de muitos planos em atender os pacientes.

Eu sou favorável à máxima autonomia compatível com a segurança. Eu faço os testes e todo o acompanhamento em casa.

Há um blog chamado Living with diabetes que, no ano passado, colocou a pergunta: devemos usar a primeira ou a segunda gota de sangue no teste? A resposta, dada por duas enfermeiras qualificadas, condiciona o uso da primeira gota a condições adequadas para o teste: é importante que a mão seja bem lavada, assim como a área a levar a picada.

As enfermeiras e os médicos orientam os pacientes a lavar as mãos com água e sabonete. Há ocasiões em que isso não é possível. É quando faz sentido usar a segunda gota (noto que extrair uma segunda gota dá um pouquinho de trabalho).

Uma preocupação, claro, é evitar segurar materiais açucarados, inclusive frutas, antes do teste.

Outra preocupação: a pressão externa (apertar o local para que saia mais sangue), altera os resultados. Se puder, não aperte.

 

GLÁUCIO SOARES     IESP-UERJ

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s