A Bélgica vai bancar novos tratamentos para seus cidadãos

A Bélgica resolveu bancar três novos medicamentos no tratamento do câncer da próstata avançado. Sautois e Gennigens nos lembram que docetaxel é o tratamento padrão para pacientes que já não respondem ao tratamento (anti)hormonal. Porém, além de seus efeitos colaterais, os benefícios do docetaxel não duram muito tempo e o câncer se torna resistente. O que fazer? O que tratamento mais comum era(e talvez continue sendo) mixandrone. Porém, nos últimos anos foram criados três novos medicamentos criados para tratar pacientes nesse estágio: cabazitaxel, abiraterona e enzalutamida. Todos foram usados em pesquisas Fase III em vários centro – e mostraram que aumentam a sobrevivência. Longe da desejada cura, mas ampliam a vida: em alguns, poucos meses; em muitos, muitos meses e em poucos, alguns anos. Como resultado, em 2012 o governo belga passou a reembolsar os pacientes que usaram dois medicamentos caros, Jevtana (cabazitaxel) e Zytiga (abiraterone).

A cura, tão desejada, ainda não está no horizonte.

Saiba mais: Rev Med Liege. 2013 Feb;68(2):94-6.

 

GLÁUCIO SOARES     IESP/UERJ

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s