Melatonina

O número de setembro de Life Extension publicou um artigo de divulgação defendendo as virtudes da melatonina que fariam com que as pessoas envelhecessem devagar.

O primeiro caminho seria através de seus efeitos anti-oxidantes, combatendo os efeitos negativos dos radicais livres durante o sono;

A melatonina, de acordo com algumas pesquisas iniciais, reduziria a pressão sanguínea;

Teria propriedades anticarcinogenicas, interferindo com a multiplicação descontrolada das células e induzindo a apoptose, que é a morte das células cancerosas; além disso, a melatonina é anti-inflamatória;

A melatonina ajudaria a controlar os efeitos da diabetes, protelaria o mal de Alzheimer’s, e ajudaria na prevenção da osteoporose.

Claro que a fonte, uma empresa que também vende suplementos como a melatonina, tem interesse nesses resultados, mas o trabalho é sério e deve ser lido em detalhe.

 

 

GLÁUCIO SOARES            IESP/UERJ


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s