Os efeitos do Colégio Eleitoral sobre a Representatividade

Obama já ganhou, mesmo sem os resultados da Florida: 303 votos no Colégio Eleitoral, ultrapassando os 270 necessários para a reeleição. A desproporcionalidade permitida pelas regras eleitorais, inclusive a instituição ultrapassada do Colégio Eleitoral, levou a que estivemos perto de repetir o acontecido antes: quem ganha nas eleições diretas pode perder no Colégio Eleitoral. Romney tem 49% dos votos dos americanos (sem a Florida, onde a mínima vantagem de Obama cai dentro de regra que, em outras circunstâncias, forçaria uma decisiva recontagem) e somente 40% dos votos no Colégio Eleitoral.

 A democracia americana é forte e linda, mas nossa Justiça Eleitoral Independente, inclusive nossas regras eleitorais para a Presidência, são claramente superiores. Mais rápida, menos sujeita a erros, fiel ao princípio da igualdade do valor dos votos – nas eleições Presidenciais.

 

GLÁUCIO SOARES                               IESP-UERJ

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s