CONFIRMADO: MDV3100 AUMENTA A ESPERANÇA DE VIDA EM 37%

Nova pesquisa confirma os benefícios da enzalutamida. Até agora, ela tem sido usada depois que os demais tratamentos deixam de funcionar. Não obstante, eventualmente poderá ser usada em outros estágios da doença, o que também requer aprovação da FDA. Um conhecido pesquisador, Howard Scher, do Memorial Sloan Kettering Cancer Center dirigiu a pesquisa, que coletou dados de quase mil e duzentos pacientes em vários países.
Quais os resultados?
Em comparação com o Grupo Controle, que não tomou medicamento, os que tomaram a enzalutamida – na média – viveram 37% mais tempo. O Grupo Controle viveu, na média, 13,6 meses e o que tomou o medicamento viveu 18,4 meses, um ganho de quase cinco meses. Nessa idade, viver um ano e meio não é tão pouco quanto parece; nesse estágio avançado do câncer, é lucro e lucro considerável.
Mais boas notícias?
Há. Os efeitos colaterais são limitados.
Algo negativo? Há: o custo. A empresa, Medivation, quer recuperar rápido o que investiu nas pesquisas que já duram vários anos e mensalmente custará seis mil dólares. Para ganhar os quatro meses de vida teremos que pagar mais de cento e dez mil dólares. Claro, a exclusividade da fabricação e renda dura um tempo e depois aparecem – legalmente – os genéricos de qualidade semelhante. Porém, até lá muitos dos que se beneficiariam desse medicamento HOJE já não estarão vivos.
Vale a pena. Como política pública, certamente não. Com esses recursos salvaremos mais vidas com outras aplicações. Porém, como diz o Scher, se se trata da sua vida, certamente vale a pena.
GLÁUCIO SOARES                                           IESP/UERJ

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s