O Câncer de Lula

Lula passou a integrar a comunidade das pessoas direta ou indiretamente afetadas por um câncer. Independentemente de como nos posicionemos politicamente em relação a ele, é mais um ser humano que enfrenta essa maldita doença.

Usando a experiência acumulada em mais de dezesseis anos de leituras provocadas por um câncer da próstata, que continua avançando e considerado incurável, tentarei sem qualquer responsabilidade da minha parte, dar uma idéia do que ele enfrenta. Para informações confiáveis, consulte um bom médico, preferivelmente um oncólogo.

Os fatores de risco mais conhecidos desse câncer são o fumo, o consumo freqüente de bebidas de com alto teor alcoólico (scotch, Bourbon, vodca, cachaça etc.), a idade (quanto mais velho, maior o risco) e ser homem. O risco acelera após os 55 anos de idade. O ácido sulfúrico, os asbestos e várias substâncias químicas também aumentam o risco.

Quais são os sintomas?

Voz rouca, que não melhora em pouca semanas, dificuldade em engolir, dor no pescoço e pescoço inchado são sintomas freqüentes. Uma tosse constante, cuspir sangue, uma garganta inflamada durante muito tempo e perda não desejada de peso também podem contribuir para elevar a suspeita.

Qual o prognóstico?

Se for tratado no inicio, antes de qualquer metástase, o câncer é curável em 90% dos casos. Quanto mais avançado estiver o câncer no momento de iniciar o tratamento, menor a sobrevivência. Se espalhou para outras partes da garganta, há cura em metade dos casos; se há metástase em outras partes do corpo a cura é difícil.

 

Qual o tratamento?

Enquanto estiver pequeno, a cirurgia evita que atinja outras partes do corpo. Com freqüência, a cirurgia é acompanhada da radiação. Quando já está metastisado, a cirurgia é menos usado. Quando é grande, a cirurgia pode afetar as cordas vocais, ainda que possa ser curativa. Com freqüência, radiação e quimioterapia são usadas nessa hipótese.

Leia mais: The Causes of Larynx Cancer | eHow.com http://www.ehow.com/about_5233817_causes-larynx-cancer.html#ixzz1cItr99vn

Essa é a informação que obtive. Repito que para informações confiáveis, um médico, preferivelmente um oncólogo, deve ser consultado. GLÁUCIO SOARES

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s