O que fazem o Cozaar e o Losartan?

Já sabemos que a pressão alta é uma doença. Muitos a chamam de assassina silenciosa porque não dá muitos sinais. Um dos remédios mais usados no combate à pressão alta se chama Cozaar, cujo nome genérico é losartan. Cozaar é um dos muitos remédios que podem ser vendidos com doses diferentes. As doses comuns são pílulas de 25, 50 e 100 mg.

É um remédio com efeitos colaterais. Pode provocar diarréias, insônia, nariz entupido, tonteiras e câimbras musculares. Fique de olho nesses sintomas e se eles aparecerem conte para seu médico.

Cozaar (losartan) pode provocar reações alérgicas em algumas pessoas, como dificuldade em respirar, o rosto, os lábios, a língua e a garganta podem ficar inchadas e problemas na pele, como as brotoejas.

Raramente esse medicamento causa problemas mais sérios, mas é bom saber quais são alguns deles. Se você notar um ou mais desses sintomas, fale imediatamente com o seu médico: dores musculares não provocadas por outras atividades, como exercícios intensos, sensibilidade nos músculos, sensação de fraqueza – esses sintomas são particularmente graves se você também tiver febre, náuseas, vômitos, e/ou se a urina estiver escura. Não tente resolver o problema sozinh@, você precisa de um bom médico. Em alguns casos, felizmente raros, esse medicamento pode causar dano aos músculos que seguram o esqueleto e uma séria insuficiência renal. Como todos os medicamentos, deve ser receitado por médico e não por amig@.

Tem, também, interações com outros medicamentos.

O que é que é isso? Quando o efeito de um remédio não altera o de outro, não há interação. Quando aumenta, diminui o efeito do outro, ou provoca um terceiro conjunto de efeitos que nenhum dos dois remédios provoca quando tomado sozinho, temos interação. As interações usualmente são ruins.

Não tenha medo, mas fique atent@, de olho. Se aparecerem esses sintomas, fale logo com o seu médico.

O que esses remédios fazem? Reduzem o perigo de derrame em pacientes com pressão alta e também em pacientes com hipertrofia do ventrículo esquerdo. Mas a raça conta: as pessoas negras se beneficiam menos desse medicamento e talvez devam combater esses problemas com outros remédios. Mais uma vez, busque um médico competente, preferivelmente formado por uma boa faculdade, que leia Inglês, vá a congressos etc. Não se esqueça que artigos como esse não substituem um bom médico. Não tome remédios por conta própria, nem os indicados por amigos, vizinhos e parentes. Você pode até morrer se tomar o remédio errado.

Gláucio Soares IESP-UERJ

Baseado em sumários de vários informativos sobre hipertensão e sobre medicamentos disponíveis pela internet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s