Sunitinib contra o câncer da próstata


Mais uma pesquisa com casos muito avançados do câncer da próstata, apenas 19 pacientes, idade mediana de 73 anos, que já não respondiam ao tratamento (anti)hormonal. A mediana (metade mais, metade menos) do PSA era muito alta: 280 ng/ml.

Foram tratados com sunitinib, na média durante 16 semanas (de 4 a mais de 48). Os resultados podem ser vistos em um gráfico: na maioria dos pacientes, 68%, o sunitinib congelou o PSA durante algum tempo; em outros



Na mediana, os pacientes permaneceram com a doença sem avançar durante quatro meses. Dois em cada três pacientes estabilizaram a doença. Somente um paciente experimentou melhoras. O que o sunitinib fez foi congelar o câncer durante pelo menos três meses, de acordo com o padrão RECIST.

É um ganho modesto que não sai grátis: astenia (fadiga completa), um em cada cinco; diarréia pesada, um em cada dez e a chamada síndrome da Mão/pé, um em cada seis.

Para quem tem poucas ou nenhuma alternativa, sunitinib parece adequado. É possível que sua eficiência aumente com o tempo e com medicamentos de apoio.

GLÁUCIO SOARES

Leia mais: Castellano D, González-Larriba JL, Antón-Aparicio LM, Cassinello J, Grande E, Esteban E, Sepúlveda J.  “Experience in the use of sunitinib given as a single agent in metastatic chemoresistant and castration-resistant prostate cancer patients” in Expert Opin Pharmacother. 2011 Jun 15.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s