Moléculas sintéticas contra o câncer da próstata

Pesquisadores da Universidade de Yale desenvolveram moléculas sintéticas que aumentam o poder do nosso sistema imune – contra HIV e o câncer da próstata! O nome das moléculas, “antibody-recruiting molecule targeting prostate cancer” (ARM-P), já indica qual a maneira pela qual funcionam. Essas moléculas vêm banhadas em “patogens” e se grudam em proteínas na membrana das células. Com isso, avisam aos anticorpos que essas células cancerosas são invasores.
Tanto o câncer quanto o HIV enganam o sistema imune e, por isso, drogas, remédios, vacinas etc. não surtiam muito efeito. O sistema não as identificava como invasores. David Spiegel, um dos pesquisadores, afirma que esse tratamento é estruturalmente simples, barato, e poderia ser tomado em pílulas quando aperfeiçoado. Como o tratamento é barato (e não produziria grandes lucros), a pesquisa não foi feita na industria farmacêutica e sim numa universidade e financiado pelos National Institutes of Health.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s