Suicídios, gênero e idade

Dados relativamente recentes produzidos pela OMS ajudam a elucidar a conhecer os padrões dos suicídios, o que fornece subsídios para políticas públicas que visem evitá-los.

O mapa ao lado (e seus comentários) mostra que as taxas de suicídio tendem a

  • aumentar com a idade

  • aumentar mais entre os homens

  • saltar após os 65

  • porém o salto é forte apenas entre os homens

  • em todas as idades conscientes, a taxa é mais elevada entre os homens

Essas constatações fornecem importantes subsídios para continuar desenvolvendo as teorias sobre o suicídio. Estabelecem, também, os limites das teorias que tentam integrar homicídios e suicídios, dados pela composição etária: o homicídio é um fenômeno jovem (tanto algozes quanto vítimas), ao passo que o suicídio é um fenômeno que cresce muito na terceira idade masculina.
Políticas preventivas devem investigar, em cada contexto, os principais problemas dos homens idosos, aprender com as soluções dadas pelas mulheres idosas aos seus problemas e formular as políticas e avaliá-las. Talvez possamos salvar milhares de vidas e dezenas de milhares de anos felizes e produtivos.

GLÁUCIO SOARES                       IESP – UERJ

 Se quiser saber mais sobre crimes e violência, visite os seguintes blogs:

http://conjunturacriminal.blogspot.com/

http://conjunturacriminal.wordpress.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s