Aumentando o efeito anti-cancerígeno do Taxotere

Novo teste, de nova droga. Creio que é uma oportunidade para os leitores saberem como são as experiências clínicas.

  • neste caso, são duas companhias farmacêuticas, a Infinity Pharmaceuticals, Inc. e a MedImmune, que estão patrocinando a experiência, o clinical trial. Muitas empresas patrocinam pesquisas semelhantes. Se der certo, venderão seu produto sem concorrência durante vários anos. Depois de um tempo, outras empresas poderão fabricá-lo. Durante o período de exclusividade, os preços são muito altos e somos nós, pacientes, os pagantes. É durante esse período que muitas empresas se ressarcem dos gastos e obtem lucros altíssimos – a menos que o remédio não dê bons resultados;
  • Creio que é uma oportunidade para os leitores saberem como são as experiências clínicas.

  • neste caso, são duas companhias farmacêuticas, a Infinity Pharmaceuticals, Inc. e a MedImmune, que estão patrocinando a experiência, o clinical trial. Muitas empresas patrocinam pesquisas semelhantes. Se der certo, venderão seu produto sem concorrência durante vários anos. Depois de um tempo, outras empresas poderão fabricá-lo. Durante o período de exclusividade, os preços são muito altos e somos nós, pacientes, os pagantes. É durante esse período que muitas empresas se ressarcem dos gastos e obtem lucros altíssimos – a menos que o remédio não dê bons resultados;
  • a pesquisa tem dois objetivos. Um é determinar a dose de um remédio. Há um conceito, a dose máxima tolerada (maximum tolerated dose MTD)). Por isso, de início, os pacientes receberão 75 mg/m2 de Taxotere seguidos de 300 mg/m2 do IPI-504 em ciclos de 21 dias;
  • a terceira é ver qual o efeito sinergístico com Taxotere (docetaxel). Há efeito sinergístico quando dois remédios juntos funcionam melhor do que separados;
  • uma das funções mais importantes do IPI-504 é aumentar o efeito e a eficiência do Taxotere, fazê-lo mais poderoso, matando mais células cancerosas;
  • há recrutamento voluntário para essa pesquisa, que acaba de ser aberto no Memorial Sloan-Kettering Cancer Center em New York, N.Y., mas outros locais deverão ser adicionados a medida em que o experimento avançar;
  • muitos médicos de pacientes com câncer muito avançado (que já esgotaram todos os tratamentos usuais) recomendam que seus pacientes se inscrevam, mas não é fácil;
  • a pesquisa muda. Após determinarem a dose máxima do medicamento, verão se podem aplicá-los uma vez por semana e não diariamente;
  • em última análise, o objetivo é inibir o Hsp90, procedimento que parece aumentar o efeito do Taxotere em cânceres da mama, do pulmão e de próstata.
  • Em estudos pré-clínicos, o IPI-504 inibiu o Hsp90 de forma potente  e seletiva, matando células cancerosas, mas não as saudáveis.

Os leitores deste blog tem, claro, a escolha sobre onde querem parar seu conhecimento, saltando umas páginas mais técnicas. Porém, não esqueçam que cada um de vocês pode funcionar como uma fonte de difusão de conhecimento “de pacientes”, que não capacita ninguém a funcionar como médico, mas os habilita a exigir mais dos seus oncólogos e urólogos.

Teste do IPI-504 que aumenta a eficiência do Taxotere

Novo teste, de nova droga. Creio que é uma oportunidade para os leitores saberem como são as experiências clínicas.

  • neste caso, são duas companhias farmacêuticas, a Infinity Pharmaceuticals, Inc. e a MedImmune, que estão patrocinando a experiência, o clinical trial. Muitas empresas patrocinam pesquisas semelhantes. Se der certo, venderão seu produto sem concorrência durante vários anos. Depois de um tempo, outras empresas poderão fabricá-lo. Durante o período de exclusividade, os preços são muito altos e somos nós, pacientes, os pagantes. É durante esse período que muitas empresas se ressarcem dos gastos e obtem lucros altíssimos – a menos que o remédio não dê bons resultados;
  • a pesquisa tem dois objetivos. Um é determinar a dose de um remédio. Há um conceito, a dose máxima tolerada (maximum tolerated dose MTD)). Por isso, de início, os pacientes receberão 75 mg/m2 de Taxotere seguidos de 300 mg/m2 do IPI-504 em ciclos de 21 dias;
  • a terceira é ver qual o efeito sinergístico com Taxotere (docetaxel). Há efeito sinergístico quando dois remédios juntos funcionam melhor do que separados;
  • uma das funções mais importantes do IPI-504 é aumentar o efeito e a eficiência do Taxotere, fazê-lo mais poderoso, matando mais células cancerosas;
  • há recrutamento voluntário para essa pesquisa, que acaba de ser aberto no Memorial Sloan-Kettering Cancer
    Center
    em New York, N.Y., mas outros locais deverão ser adicionados a medida em que o experimento avançar;
  • muitos médicos de pacientes com câncer muito avançado (que já esgotaram todos os tratamentos usuais) recomendam que seus pacientes se inscrevam, mas não é fácil;
  • a pesquisa muda. Após determinarem a dose máxima do medicamento, verão se podem aplicá-los uma vez por semana e não diariamente;
  • em última análise, o objetivo é inibir o Hsp90, procedimento que parece aumentar o efeito do Taxotere em cânceres da mama, do pulmão e de próstata.
  • Em estudos pré-clínicos, o IPI-504 inibiu o Hsp90
    de forma potente e seletiva, matando células cancerosas, mas não as saudáveis.

Os leitores deste blog tem, claro, a escolha sobre onde querem parar seu conhecimento, saltando umas páginas mais técnicas. Porém, não esqueçam que cada um de vocês pode funcionar como uma fonte de difusão de conhecimento “de pacientes”, que não capacita ninguém a funcionar como médico, mas os habilita a exigir mais dos seus oncólogos e urólogos.

Powered by ScribeFire.

Chá verde e Celecoxib

h1 { font-family: Arial, sans-serif; font-size: 30px; color: #004080;}
h2 { font-family: Arial, sans-serif; font-size: 18px; color: #004080;}
body,p,b,i,em,dt,dd,dl,sl,caption,th,td,tr,u,blink,select,option,form,div,li { font-family: Arial, sans-serif; font-size: 12px; }
h1 { font-family: Arial, sans-serif; font-size: 30px; }
h2 { font-family: Arial, sans-serif; font-size: 18px; }
body,p,b,i,em,dt,dd,dl,sl,caption,th,td,tr,u,blink,select,option,form,div,li { font-family: Arial, sans-serif; font-size: 12px; }

 



 



color=#000000>Chá verde e Celecoxib tem efeito sinergístico!


 



A redução no crescimento das células cancerosas foi de 81%

As últimas notícias são boas para o chá verde! Um componente, combinado com uma dose moderada de um inibidor de Cox-2, tem efeito destrutivo sobre o câncer de próstata. Essa notícia foi publicada no Clinical Cancer Research.

 

O problema é que o inibidor tem má reputação. Celecoxib (vendido como Celebrex) tem um efeito negativo sobre o sistema cardio-vascular se tomado em doses altas durante muito tempo.

 

Dr. Hasan Mukhtar da University of Wisconsin, mostra que eles tem efeito sinergístico, ou seja, o seu efeito, se tomados juntos, é maior do que se tomados separadamente. Juntos, o efeito é maior do que a soma dos efeitos separados – de 15% a 28% mais. Juntos, o total da redução do crescimento das células cancerosas foi de 81%, que é substancial. O próximo passo deve ser um teste com um grupo pequeno de pacientes.

.

Chá verde e Celecoxib

Aspirina ajuda, mas…cuidado!
h1 { font-family: Arial, sans-serif; font-size: 30px; color: #004080;}
h2 { font-family: Arial, sans-serif; font-size: 18px; color: #004080;}
body,p,b,i,em,dt,dd,dl,sl,caption,th,td,tr,u,blink,select,option,form,div,li { font-family: Arial, sans-serif; font-size: 12px; }
h1 { font-family: Arial, sans-serif; font-size: 30px; }
h2 { font-family: Arial, sans-serif; font-size: 18px; }
body,p,b,i,em,dt,dd,dl,sl,caption,th,td,tr,u,blink,select,option,form,div,li { font-family: Arial, sans-serif; font-size: 12px; }

 


 



<font
color=#000000>Chá verde e Celecoxib tem efeito sinergístico!


 





A redução no crescimento das células cancerosas foi de 81%

As últimas notícias são boas para o chá verde! Um componente, combinado com uma dose moderada de um inibidor de Cox-2, tem efeito destrutivo sobre o câncer de próstata. Essa notícia foi publicada no Clinical Cancer Research.

 

O problema é que o inibidor tem má reputação. Celecoxib (vendido como Celebrex) tem um efeito negativo sobre o sistema cardio-vascular se tomado em doses altas durante muito tempo.

 

Dr. Hasan Mukhtar da University of Wisconsin, mostra que eles tem efeito sinergístico, ou seja, o seu efeito, se tomados juntos, é maior do que se tomados separadamente. Juntos, o efeito é maior do que a soma dos efeitos separados – de 15% a 28% mais. Juntos, o total da redução do crescimento das células cancerosas foi de 81%, que é substancial. O próximo passo deve ser um teste com um grupo pequeno de pacientes.

.

Contemplation

En brazos del viento...........

di fiore in fiore...

Mais fotos
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 747 outros seguidores